Dom Cláudio Hummes ordena diáconos casados
Benedito Camargo


A família diaconal aos pés do altar.


Presentes todos os bispos da Arquidiocese.


Prostrados antes da ordenação.


Recebendo o livro dos Evangelhos.


Liturgia presidida pelo cardeal e concelebrada pelos bispos auxiliares.


Assumindo as funções próprias do ministério.

Fato histórico de singular importância, aconteceu na catedral da Sé dia 4 de dezembro de 2005, quando participaram cerca 3 mil pessoas, da cerimônia de ordenação diaconal, presidida pelo Cardeal Arcebispo de São Paulo, Dom Cláudio Hummes.

Dos 36 candidatos, 24 são casados, pais de família, atuantes nas mais diversas atividades produtivas desta metrópole, bacharéis em teologia e que mediante a imposição das mãos do Arcebispo, se tornaram ministros ordenados, fazendo parte do clero diocesano, com a missão de servir ao povo de Deus na ação evangelizadora da Igreja. Em procissão, entraram acompanhados de suas esposas e antes de subirem ao presbitério selaram com um beijo seu compromisso matrimonial, e como diáconos permanentes não estão sujeitos ao celibato. Os outros 12 jovens seminaristas que entraram com seus pais ou padrinhos estarão sujeitos ao celibato, concluirão ainda seus estudos de teologia para serem bacharéis e serem ordenados presbíteros, já que o diaconato é o primeiro grau do sacerdócio ordenado.


A imposição das mãos, gesto da sucessão apostólica.

Conta agora, a Arquidiocese, com 30 diáconos permanentes. Havia somente o diácono Aury Azélio Brunetti, ordenado por Dom Paulo Evaristo Arns em 1972, e 5 foram ordenados até 2005, após a restauração desse ministério na cidade de São Paulo que aconteceu no ano 2000, logo após a chegada de Dom Cláudio Hummes.

O diaconato não é algo novo na Igreja, no capítulo 6 dos Atos dos apóstolos temos sua instituição, portanto nasceu na igreja primitiva, com o correr do tempo as funções desse ministério foram absorvidas pelos presbíteros, sendo restabelecido no concílio Vaticano II e regulamentado pelo Papa Paulo VI.

"É um dia histórico (...) de grande significado e felicidade", falou o cardeal com entusiasmo logo no início da cerimônia. Mais adiante após agradecer a Deus pelo grande número de diáconos disse: "Permanecem homens como todos, mas agora, configurados a Cristo, de modo todo especial para a missão que ele próprio exerceu (...) que não apenas lhes entrega um trabalho novo, mas transforma seu ser."

Leia o que já foi publicado sobre o Diaconato
  • Ordenação Diaconal - Primeira turma de homens casados em retiro antes da ordenação
  • [ Voltar ] [ Topo ] [ Home ]

    Copyright © 2005 www.portaldoo.com.br -051231- A serviço da comunidade.